TI ESTRATÉGICA

A TI Estratégica sai da rotina tradicional, pois tem uma visão diferente e muito mais ampla das capacidades e responsabilidades do setor, com o objetivo de melhorar processos e otimizar os resultados da empresa. Ou seja, o foco não é atender apenas demandas dos departamentos, mas sim agir de forma própria para construir e analisar estratégias, além de criar ferramentas que beneficiem a empresa. A área de tecnologia deixou de ser apenas funcional, passando a ser uma das principais áreas responsáveis pelo crescimento da empresa, devido a contínua transformação digital.

 

Colocando a TI estratégica com as demandas da empresa fica muito mais fácil reconhecer oportunidades, se preparar para possíveis riscos e identificar pontos de atenção. O principal motivo do reposicionamento da TI dentro das organizações é a necessidade de tomar decisões rápidas e certeiras. Com as evoluções tecnológicas, especialmente as de gerenciamento de dados, as pessoas perceberam que a análise dessas informações é o grande diferencial que a era digital traz.

 

Nesse cenário, a TI estratégica traz soluções e ferramentas que fazem toda diferença para a gestão do negócio, como a análise de dados, integração de informações, facilidade na comunicação entre departamentos, monitoramento de informações, mapeamento e automatização de processos, que reduzem erros e tempo de execução. Os gestores poderão ter uma visão geral do negócio, e prever tendências, com isso, a TI pode contribuir para fortalecer ainda mais o que está funcionando bem, pensar em novas formas de solucionar problemas e descobrir novas maneiras de melhorar os resultados.

 

A TI estratégica é essencial para as organizações que desejam melhorar os seus resultados. Por isso, deve estar diretamente ligada as estratégias do negócio e se comunicar com todas as áreas da empresa. Se a a TI estratégica for bem inserida na empresa, poderá melhorar os processos, reduzir custos, otimizar a comunicação, melhorar o nível de serviço, atrair novos cliente e aumentar a rentabilidade da empresa.

 

Fica claro então, a importância de transformar a TI em uma TI estratégica no negócio, ou seja, uma área que dê suporte para tomadas de decisões e tornar a empresa mais competitiva no mercado. Nesse contexto, o reposicionamento da TI se torna um fator fundamental para o desempenho das organizações, no que chamamos de Era Digital.